Acir Boroto | Famiglia Boroto

Vinhateiro de Garibaldi, Rio Grande do Sul, Boroto elabora vinhos naturais e cultiva vinhedos orgânicos desde 1986.
9/8/2020 #freerangedoc; Depoimentos; Vinhateiros

Esse depoimento foi gravado em 2018, no porão de chão batido da casa de Acir Boroto. Os porões de chão batido fazem parte da tradição gaúcha e da tradição de muitos interiores brasileiros, sejam eles migrantes, imigrantes, colônias ou colonos. Lá faziam-se vinhos, a cura de carnes, a maturação dos queijos, a guarda das sementes para o próximo ano. Lá guardava-se a banha, a lenha, entre outros saberes empoeirados já esquecidos pela maioria das pessoas.

Era o segundo ano de filmagens para o FreeRange Doc. Não conhecíamos pessoalmente o Boroto, embora ele produzisse vinhos e uvas orgânicas desde 1986.

Pedimos para ele contar um pouco do projeto e de sua história já com a gravação rodando. O resultado está aí. Aquele foi o início de uma grande amizade entre nós e é impossível não nos emocionarmos, toda vez que assistimos ao vídeo, com o relato de vida, de vinho e de esperança de Boroto, mesmo naquele momento quando tudo parecia ruir em sua vida.

Mais do que um depoimento, é uma lição de resiliência e de fé na beleza e nos ciclos da vida.

A história de Acir se repete por outros tantos produtores de vinho, por outros tantos produtores agrícolas, pelo país inteiro. Os dramas pessoais se mesclam com as dificuldades do pequeno produtor rural em um país que não incentiva a agricultura limpa nem a pequena produção artesanal, tampouco valoriza os saberes do homem do campo.

Vinhateiro de Garibaldi, Rio Grande do Sul, Boroto cultiva vinhedos orgânicos desde 1986.

O primeiro espumante orgânico certificado brasileiro é dele. Sua propriedade tem 16 hectares de produção orgânica de uvas, frutas, hortaliças, e alguns de seus vinhedos, como os de Isabel, são centenários. A partir de 2018 – ano deste depoimento – começou a vinificar naturalmente sem adição de SO2, com uvas de vinhedos próprios como Polenta, Isabel, Niágara e Moscato. Boroto produz espumantes, vinhos, sucos, além de charcutaria artesanal. É sócio-fundador de uma das cooperativas de produtos orgânicos regionais, a Coopeg, e elabora seus vinhos em uma colônia afastada do centro urbano de Garibaldi.

Interessante o modo que nos conhecemos. Naquele ano de 2018 alguns produtores de uva orgânica não conseguiram vender toda a sua safra – por incrível que pareça, mesmo com um crescente número de “vinhateiros não agricultores” que surgia no mercado, naquela época ainda havia, todos os anos, um grande excedente de uva orgânica no país. Para tentar escoar parte da produção gaúcha, em parceria com outros amigos,  vinhateiros ou não,  resolvemos comprar – parte anonimamente – esse excedente e vinificar em São Paulo. Foi assim que entramos em contato com Boroto pela primeira vez, e logo em seguida, descemos de carro, em Caravana até Garibaldi, para filmar seu depoimento.

Foi exatamente neste dia que nos demos conta de que o material que tínhamos nas mãos transcendia o vinho. Assistam.

Mais Vídeos

10/9/2020 Depoimentos; Vinhateiros
Luís Henrique Zanini | Era dos Ventos Vinhateiro de ‘espírito vínico inquieto’, como ele mesmo se define, Zanini trabalha no setor faz 20 anos, muitos deles militando pela causa do produto artesanal e do vinho de pequeno produtor.
10/7/2020 Depoimentos; Vinhateiros
Lizete Vicari | José Augusto Fasolo Ela, ceramista que se tornou vinhateira. Ele, enólogo que trabalhou durante anos na indústria. Lizete Vicari e José Augusto Fasolo iniciaram o projeto da Domínio Vicari em 2008. 
1/7/2020 Depoimentos; Vinhateiros
Eduardo Zenker O vídeo de estréia do nosso canal é a entrevista na íntegra de Eduardo Zenker para o projeto FreeRange doc.
11/1/2020
Gaia: uma ode ao planeta Terra. Gaia é o primeiro curta de uma série de vídeos livres. Livres pois não se apegam à forma, conteúdo ou linguagem específicas, dando margem para que possamos abordar sob diferentes perspectivas temas que julgamos relevantes.